BOAS VINDAS

A idéia deste blog é a criação de um espaço para o questionamento de duas grandes forças das ideologias atuais: o Capitalismo e o Socialismo. Que, senão são coincidentes,não são também totalmente opostas. Terceira Via é nada menos do que uma Resultante dessas duas forças. Abrindo assim, um campo para o existência de uma opção, que não é uma coisa nem outra e ao mesmo tempo são as duas coisas. Eu acredito muito nessa vertente, como alternativa para convergir anseios de ambas as correntes. Num olhar metodológico, poderiamos enxergar essa possibilidade como uma demonstração empírica da dialética. Enquanto o Capitalismo está mais associado ao racional, à eficiência, à lógica; o Socialismo está mais associado ao nosso cognitivo, à sensibilidade, sentimentos, percepções, etc. Acredito ainda, que só a Democracia viabiliza essa vertente. A Ditadura, sem dúvida, enviesará para o socialismo ou para o capitalismo radical. ENTÃO SEJA BEM VINDO, COLOCANDO SUA CONTRIBUIÇÕES, SUAS IDÉIAS, SUAS DÚVIDAS, ETC. (Paulo Franco)

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Enredo da Imperatriz, "Xingu, o clamor que vem da floresta", incomoda ruralistas

Por Paulo Franco

"quero saber quem é que financia a escola que faz críticas ao agronegócio", declarou o Senador Ronaldo Caiado.



A escola de samba Imperatriz Leopoldinense vai ser a 3ª escola a desfilar no sambódromo do Rio de Janeiro.  Mas, antes muito do desfile, ela já provoca polêmica em função do seu enredo extremamente engajado com a questão fundiária, dos índios e da preservação da floresta e da natureza.


O enredo enaltece o índio e critica os agentes que atacam  os povos indígenas e as florestas, a natureza.  Dentre esses agentes estão os homens brancos, que quase exterminaram com todas as
culturas indígenas e que identificados no passado como "invasores", hoje integram o segmento do agronegócio. Os demais agentes são decorrentes do homem branco que invadem e avançam sobre suas terras, como os agrotóxicos, as usinas hidrelétricas (Belo Monstro), as doenças e as pragas.


As reações causadas nas lideranças ruralistas, já é uma demonstração da importância do enredo da Imperatriz.  O enredo chama a atenção para temas e problemas importantes e graves em nosso país.  Desde o desmatamento irresponsável e ganancioso ao uso de agrotóxicos, as invasões de reservas indígenas e a violência e expulsão dos proprietários por natureza e por determinação legal.

    



A REAÇÃO DOS RURALISTAS


    


A reação dos ruralistas veio forte e rápido.  Políticos da bancada ruralistas, entidades de classe repudiaram o enredo da Imperatriz Leopoldinense.  Veja algumas das manifestações:

TV RECORD: Em repúdio ao samba de enredo da Imperatriz Leopoldinense, a jornalista atacou os índios dizendo que "índios não podem ter tecnologia, carros, comer de geladeira e usar remédios.

RONALDO CAIADO,  ruralista e senador pelo DEM, já conhecido por suas posições radicais, disse que vai promover uma sessão no plenário para discutir os efeitos do  enredo da escola, no agronegócio.  O senador diz ainda que quer saber quem é que financia a escola que faz críticas ao agronegócio.

    

AFOCAPI, COPLACANA, SICOOB, COCRE e SINDIRPI, entidades ruralistas, também manifestaram seu repúdio, publicamente, ao enredo da escola.  "o agronegócio é o único responsável pelo saldo positivo da Balança Comercial brasileira e é responsável por 22% do PIB e gera em torno de 37% dos empregos no pais."  Segunda essas entidades, a escola "mostra pouco conhecimento sobre a importância do setor para o país."

A ORPLANA, uma sociedade de Plantadores de Cana, também divulgou uma nota onde diz “Na contramão da realidade, a escola de samba mostra um cenário distorcido e irresponsável, criando alas que generalizam as más práticas agrícolas e o desrespeito ao meio ambiente, como a Ala 9 – Olhos de Cobiça e a Ala 15 – Fazendeiros e seus agrotóxicos, além de trechos do samba onde o produtor é descrito como “belo monstro”, devorador de matas e rios, ladrão de terras e ambicioso”.

O SAMBA DE ENREDO



Intérprete Oficial: Arthur Franco
Carnavalesco: Cahê Rodrigues

KARARAÔ...KARARAÔ...O ÍNDIO LUTA PELA SUA TERRA
DA IMPERATRIZ VEM O SEU GRITO DE GUERRA!

SALVE O VERDE DO XINGU, A ESPERANÇA
A SEMENTE DO AMANHÃ, HERANÇA
O CLAMOR DA NATUREZA, A NOSSA VOZ VAI ECOAR, PRESERVAR


BRILHOU...A COROA NA LUZ DO LUAR!
NOS TRONCOS A ETERNIDADE...A REZA E A MAGIA DO PAJÉ!
NA ALDEIA COM FLAUTAS E MARACÁS
KUARUP É FESTA, LOUVOR EM RITUAIS

NA FLORESTA...HARMONIA, A VIDA A BROTAR
SINFONIA DE CORES E CANTOS NO AR
O PARAÍSO FEZ AQUI O SEU LUGAR
JARDIM SAGRADO O CARAÍBA DESCOBRIU
SANGRA O CORAÇÃO DO MEU BRASIL
O BELO MONSTRO ROUBA AS TERRAS DOS SEUS FILHOS
DEVORA AS MATAS E SECA OS RIOS
TANTA RIQUEZA QUE A COBIÇA DESTRUIU

SOU O FILHO ESQUECIDO DO MUNDO
MINHA COR É VERMELHA DE DOR
O MEU CANTO É BRAVO E FORTE
MAS É HINO DE PAZ E AMOR

SOU GUERREIRO IMORTAL DERRADEIRO
DESTE CHÃO O SENHOR VERDADEIRO
SEMENTE EU SOU A PRIMEIRA
DA PURA ALMA BRASILEIRA

JAMAIS SE CURVAR, LUTAR E APRENDER
ESCUTA MENINO, RAONI ENSINOU
LIBERDADE É O NOSSO DESTINO
MEMÓRIA SAGRADA...RAZÃO DE VIVER"
ANDAR ONDE NINGÚEM ANDOU"
"CHEGAR ONDE NINGUÉM CHEGOU"
LEMBRAR A CORAGEM E O AMOR DOS IRMÃO
SE OUTROS HERÓIS GUARDIÕES
AVENTURAS DE FÉ E PAIXÃO
O SONHO DE INTEGRAR UMA NAÇÃO


KARARAÔ...KARARAÔ...O ÍNDIO LUTA PELA SUA TERRA
DA IMPERATRIZ VEM O SEU GRITO DE GUERRA!

SALVE O VERDE DO XINGU A ESPERANÇA
A SEMENTE DO AMANHÃ...HERANÇA
O CLAMOR DA NATUREZA A NOSSA VOZ VAI ECOAR...PRESERVAR!


Nenhum comentário:

Postar um comentário