BOAS VINDAS

A idéia deste blog é a criação de um espaço para o questionamento de duas grandes forças das ideologias atuais: o Capitalismo e o Socialismo. Que, senão são coincidentes,não são também totalmente opostas. Terceira Via é nada menos do que uma Resultante dessas duas forças. Abrindo assim, um campo para o existência de uma opção, que não é uma coisa nem outra e ao mesmo tempo são as duas coisas. Eu acredito muito nessa vertente, como alternativa para convergir anseios de ambas as correntes. Num olhar metodológico, poderiamos enxergar essa possibilidade como uma demonstração empírica da dialética. Enquanto o Capitalismo está mais associado ao racional, à eficiência, à lógica; o Socialismo está mais associado ao nosso cognitivo, à sensibilidade, sentimentos, percepções, etc. Acredito ainda, que só a Democracia viabiliza essa vertente. A Ditadura, sem dúvida, enviesará para o socialismo ou para o capitalismo radical. ENTÃO SEJA BEM VINDO, COLOCANDO SUA CONTRIBUIÇÕES, SUAS IDÉIAS, SUAS DÚVIDAS, ETC. (Paulo Franco)

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Há algo de podre no Reino da Dinamarca

Por Paulo Franco

A apuração efetuada pelo TSE está errada ou os números de intenção de votos do ibope tem 95% DE CERTEZA DE QUE NÃO ESTARÁ dentro da margem de erro, de 2 pontos para cima e 2 pontos para baixo.



Minha vida foi marcada pela convivência estreita com os números.  Não com a complexidade dos cálculos, mas as relações entre eles e a realidade e a outros fenômenos da vida, da natureza.  Quanto mais subjetivo, quanto menos parametrico os fenômenos, mais interessante, mais estimulante as descobertas que encontramos.

São essas significâncias, essas magnitudes, essas relatividades, essas interdependências, essas sensibilidades que torna, pelo menos para mim, uma diversão e uma potente arma para analise, diagnose, constatação, conferência, indagação, previsão, questionamento e tantas outras ações que ela favorece.  Meu viés cartesiano contribuiu muito para essa trajetória.
____________________
Postagens Relacionadas:
Eleições Presidenciais: Perspectivas para o 2º turno
Vox Populi x Ibope: Fraude ou erro grosseiro?
Dilma Rousseff, perspicaz, desmonta o circo armado pela Globo
Marina: Cavalo de Tróia dos EUA?
Datafolha, me engana que eu gosto

____________________
Dificilmente um apresentador ou analista econômico de um jornal falado ou escrito, me manipula conforme tem ocorrido recorrentemente no Brasil.   O papel dos jornais televisivos não é mais informar, mas sim deformar, distorcer, enganar.

Ainda estava refletindo sobre o ocorrido quando li um texto de Bajonas Teixeira de Brito Jr, doutor em filosofia, que percebeu o salto e os impactos não só na eleição como também no mercado bursátil. 

A IMPORTÂNCIA DO ALERTA (LUZ VERMELHA)

No campo dos números, sejam indicadores os valores absolutos, que usamos para controlar processos, fenômenos, comportamentos, gestão, etc são extremamente interessantes pela sua objetividade e pelo seu razoável nível de precisão e variabilidade administrável.  Qualquer desvio do número padrão ou do esperado,  acende-se uma luz amarela ou vermelha, dependendo da intensidade do desvio do valor esperado. 

Imagine um termostato que mede a temperatura do motor do veículo e serve como instrumento de controle para o motorista.  Há diversos modelos, digitais, com ponteiros ou até o mais simples que só acende a luz sem informar o valor da temperatura.  Em todos há um valor de temperatura que, caso o motor atinja, ele assinalará um problema, que é a elevação da temperatura fora do padrão de funcionamento do motor, de forma que se mantiver nesse nível elevado ou se aumentar mais ainda, o motor podera "fundir".    Portanto a faixa ou a luz vermelha é o alerta para que voce tome uma providência pois o sistema de refrigeração não está funcionando corretamente. 

Na verdade quando a luz vermelha acende, abrem-se duas possibilidades: (i) a primeira é que o sistema de refrigeramento estragou e precisa ser reparado.  (ii) A outra possibilidade é que o proprio sistema de medição (termostato) foi quem quebrou e a medição não está sendo feita corretamente, o que implica em perda de controle da temperatura, não refletindo que a refrrigeração esteja correta ou incorreta.

Em todas as situaçoes em que temos indicadores para demonstrar, identificar, controlar processos ou fenômenos, sempre que há um desvio, sempre que a "luz vermelha" acende, nos colocamos diante destas 2 questões: (i) houve um desvio no processo ou (ii) houve um problema no sistema de medição que apontou o referido desvio. Me deparei milhares de vezes com esse cenário em minha vida. 

Diante de um gráfico com esse formato em qualquer outra situação eu já diria para a pessoa que faz o acompanhamento, tabulou e plotou o gráfico.  Pára tudo que há erros nesses cálculos.  Porque eu diria de antemão que há erro nos cálculos e não que há uma evidência estranha no processo identificada pelo sistema de controle?  Porque a probabilidade de ocorrência de um desvio dessa magnitude é infinitamente pequena, tipo ganhar na loteria.  É possivel mas infinitamente improvável.  

Nestas circunstâncias é mais prudente recalcular, checar as rotinas, os procedimentos, a metodologia e até os inputs para ter absoluta certeza o indicador está correto e que o que ele registrou, ou denunciou ou demonstrou é o que está acontecendo realmente no processo ou no fenômeno em questão, ou seja,  a "luz vermelha" acendeu não por problemas no termostato, mas porque o motor realmente está esquentando.

IBOPE E TSE DESAFIAM A LÓGICA

O Ibope apontava Aécio com uma intenção de votos ao redor de 21% durante o mês de setembro.  De repente, nos últimos 4 dias deu um saldo de 11,5%, comparando-se os 22% do dia 02 de outubro, com os 33,5% dos votos obtidos conforme o TSE, representando uma elevação relativa de  52%.

Ora uma elevação dessa num período exíguo desse é fora de propósito, para não dizer impossível.  É impossível haver uma explicação plausível para esse salto gigantesco em tão curto espaço de tempo.  Não há espaço para qualquer consideração lógica.  O que poderia ter acontecido?  Que fantasma é esse que produz um milagre tão grandioso de uma forma tão invisível, inexplicável?

Como disse anteriormente, a primeira coisa que eu digo é:  Para tudo, a luz vermelha acendeu, temos problemas e ele é bem "cabeludo".  Como em todos os casos, abrem-se duas possibilidades: (i) O sistema de medição está defeituoso e aferindo erradamente, seja nas pesquisas efetuadas pelo Ibope, seja na apuração dos votos feita pelo TSE. (ii) Ou ocorreu algum evento exógeno que nem eu nem ninguém conseguiu até agora identificar, que tenha provocado um fenômeno tão raro a ser registrado nos anais da história político do planeta.

A NECESSIDADE DE UMA AUDITORIA NO 2º TURNO PODE SER INEVITÁVEL

Se não for identificada nenhum fator ou evento externo que tenha promovido essa elevação na votação do candidato Aécio Neves, fica a certeza de que há problemas no levantamento das pesquisas pelos institutos ou na própria apuração dos votos pelos sistema do TSE.  

Ambos são gravíssimos, mas se a falha for no sistema eleitoral, que envolve as urnas e o processo de transmissão e tabulação, do TSE a falha assume um nível de gravidade que não da nem para qualificar.  É a propria democracia brasileira que está sendo posta em perigo. 

Diante desse cenário inusitado e recheado de insegurança, vale uma auditoria nos Institutos de Pesquisas e nos sistemas do TSE.  Uma explicação racional, lógica tem que ser dada a sociedade. 

Caso não haja nenhuma providência das autoridades a respeito ou dos institutos de pesquisas, já advirto que os partidos, quaisquer que sejam eles, que se sentirem passíveis de terem sidos lesados no 2o. turno, devem pedir uma recontagem, uma auditoria, do processo todo da eleição.

Outra providência importante diante da sonegação de uma explicação para essa aberração, são os partidos políticos e os candidatos não considerarem as pesquisas com um parâmetro de previsibilidade, o intervado de confiança está invertido, os números do IBOPE tem 95% de chance de estarem errados. 

Um comentário:

  1. É uma análise bem centrada na realidade, cheia é claro, de hipóteses mas, que dá uma clareza ao leitor sobre o esquema das pesquisas.

    ResponderExcluir