BOAS VINDAS

A idéia deste blog é a criação de um espaço para o questionamento de duas grandes forças das ideologias atuais: o Capitalismo e o Socialismo. Que, senão são coincidentes,não são também totalmente opostas. Terceira Via é nada menos do que uma Resultante dessas duas forças. Abrindo assim, um campo para o existência de uma opção, que não é uma coisa nem outra e ao mesmo tempo são as duas coisas. Eu acredito muito nessa vertente, como alternativa para convergir anseios de ambas as correntes. Num olhar metodológico, poderiamos enxergar essa possibilidade como uma demonstração empírica da dialética. Enquanto o Capitalismo está mais associado ao racional, à eficiência, à lógica; o Socialismo está mais associado ao nosso cognitivo, à sensibilidade, sentimentos, percepções, etc. Acredito ainda, que só a Democracia viabiliza essa vertente. A Ditadura, sem dúvida, enviesará para o socialismo ou para o capitalismo radical. ENTÃO SEJA BEM VINDO, COLOCANDO SUA CONTRIBUIÇÕES, SUAS IDÉIAS, SUAS DÚVIDAS, ETC. (Paulo Franco)

terça-feira, 27 de maio de 2014

A Direita Retrógrada e o Império Comunista Cubano

Por PAULO FRANCO







COPA DO MUNDO 2014: Direita Retrógrada brasileira destila ódio no que seria uma histórica festa nacional.


Antes que alguém cuspa fogo, vou logo adiantando que não estou falando do PSDB e muito menos do PT.

Há 3 fatores que tem um poder descomunal sobre o ser humano. São forças capazes de anestesiar e até cegar completamente as pessoas.  Contaminada com essas forças passam a agir irracionalmente, obedecendo somente aos seus impulsos, quase sempre inconscientemente.  São eles: a religiosidade, a ideologia, e a etnia (inclue-se aqui o racismo).    Há outros fatores que têm comportamento semelhante mas com muito menos força que são agremiações (esportivas, carnaval, etc), pátria, partidos políticos, entre outros.

Esses fatores citados estão presentes em todos os lugares, em todos os tempos e em todas as culturas lamentavelmente. Os 3 primeiros fatores são responsáveis por muitas tragédias, muitos genocídios, linchamentos, enforcamentos, apedrejamento ao longo da história da humanidade. Como sempre eles são potencializados por interesses econômicos e geo-políticos.
____________________
Leia também:
Como o “potências ocidentais” fabricam “movimentos de oposição”
PROTESTOS: Maquiavel ao Pé da Letra
A História do Ódio no Brasil
____________________

Atualmente, estamos vivendo um momento histórico mundial sui generis, onde o fator ideológico está em efervescência, por interesses dos grandes players internacionais. É visível que, governos de países periféricos, mais frágeis,  que não correspondam aos interesses de grandes potências mundiais estão sob a mira desses, recebendo de forma direta ou indireta influências para que o poder doméstico mude de mãos. Como isso é feito? Através de assessoramento e financiamentos, cria-se um cenário de tumulto, revolta, crise, caos até que se configure o golpe político. Foi assim no Egito, na Siria, na Líbia, e outos países do oriente, posteriormente na Ucrânia e mais recentemente na Tailandia. Continuam na mira a Venezuela, a Bolívia, o Zimbabwe e, também, o Brasil.

O caso da presente postagem reflete perfeitamente esse contexto. Postado pelo Senador Ávaro Dias, oposicionista, faz uso do vídeo de uma forma grotesca.   Político esperto como é, e conhecedor de todo esse caldo que descrevi, ele se aproveita para insuflar um ódio ao governo a ao partido concorrente, utilizando-se de um argumento tão mesquinho quanto retrógrado, demodé e até infantil.  Sugere uma manipulação das imagens, promovida pelo governo brasileiro para passar uma mensagem subliminar ao inserir uma bandeira cubana em meio à centenas de outras bandeiras.

Em condições normais de temperatura e pressão, uma postagem desse nível seria totalmente ignorada ou quando muito, seria motivo de deboche, mas num cenário ideológicamente efervescente em que vivemos, o racional dando espaço ao emocional, as pessoas anestesiadas, “respondem” por impulso, sem dar conta da fantasia que se trata.

Ora gente, estamos falando de um clip criado por uma agência de publicidade, para um instituição de direito privado que é a FIFA, que integra todo o pacote promocional do evento, que aliás, o faz em todas as copas.  Portanto não foi o governo brasileiro quem o criou, como sugere o nobre senador Alvaro Dias, insinuando uma mensagem subliminar conspiratória.

Conforme descreve o site jornalístico DCM-Diário do Centro do Mudo, o referido clipe foi gravado em “Little Havana”, um bairro de Miami (USA), reduto de emigrantes cubanos, discidentes do regime castrista.  Pitbull é filho de pais cubanos e cresceu nesse bairro. Portanto nada a ver com o regime comunista cubano, demonstrando mais uma fantasia do tipo saci-perere, mula sem cabeça, do que articulações entre o governo brasileiro e o governo cubano com vistas a implantar na America Latina um "grande Imperio Comunista", como vem frequentemente insinuando representanes da extrema direita brasileira mais arcaica. 

Um comentário:

  1. No momento só li a primeira página, gostei muito há tempos não tinha contato com teorias sociais, a gente se afasta da teoria porque a vida nos faz partir para prática, vou ler o restante depois com calma e carinho.

    ResponderExcluir